Buscar
  • FRANCISCO ROJAS

Filme sobre Maria Madalena mostra a força do feminino e um Jesus Cristo realístico.


Eu fui assistir ao filme sobre Maria Madalena este final de semana e tive uma experiência muito enriquecedora sobre o poder do feminino e sobre a vida de Jesus.

O que me chamou a atenção, além de que o principal discípulo de Jesus ter sido uma mulher, e que a igreja ignora isso, foi a forma como o filme trouxe um retrato de Jesus Cristo mais realístico e de acordo com o que realmente ele representa para mim.

Vou começar a falar sobre Madalena que foi retratada no filme como a principal discípula e primeira testemunha do Cristo ressuscitado. Ao meu entendimento Madalena se tonou a principal discípula não por ser mulher ou por ter renunciado a vida para seguir Jesus, por que isso os outros discípulos também o fizeram, e também não por que ela amava o Mestre mais do que os outros discípulos. Mas sim, porque ela foi a única que entendeu de forma clara e direta a mensagem do Mestre. Vou tentar explicar o que eu quero dizer com isso.

O filme aborda alguns feitos famosos sobre a passagem deste grande Mestre por esta terra. Entre estes feitos estão os milagres de cura praticados por Jesus e a mensagem de fé, perdão e amor que o Mestre ensinava com tanta maestria.

Um ponto muito forte na narrativa do filme é a questão do “Reino de Deus”. Questão essa que até hoje é pouco compreendida entre os cristãos. O que Jesus quis dizer as pessoas quando dizia que precisávamos nos purificar dos pecados para entrar no “Reino de Deus”? O que é pecado? O que é “Reino de Deus”? Qual a função do perdão e da fé neste processo?

Ao pensar nestas questões e ao ver ao filme tive o insight sobre a importância desta mulher, discípula e apóstola de Cristo. Entre todos os seguidores retratados no filme, Madalena foi a única que entendeu a mensagem de Jesus quando ele explicava sobre “Reino de Deus”, perdão, pecado e fé.

Enquanto os homens estavam perdidos em achar, que como Jesus era Messias, e estava lá para salvar os judeus das garras cruéis da ditadura romana, eles esqueceram de olhar os próprios pecados, e principalmente, esqueceram de olhar que o verdadeiro “Reino de Deus” está aqui e agora bem dentro de nós.

Judas estava perdido em sua própria dor e queria que o Mestre utilizasse seu poder milagroso para aniquilar o que ele considerava de mais pecaminoso no mundo, que era a ditadura romana, e esqueceu de olhar para sua própria arrogância e egoísmo e chegou até praticar a traição ao seu Mestre.

Pedro tinha um coração amoroso, mas ainda lutava contra o preconceito que tinha dentro dele sobre o poder e os direitos da mulher e do feminino. Tomé, era cético e sua fé fora totalmente abalada com o crucificação de Jesus, chegando até achar que tinha se enganado ao reconhecer Jesus como o salvador. Enfim todos os discípulos estavam enfrentando seus próprios pecados e suas próprios desafios para alcançar o tão esperado “Reino de Deus”.

Ai vem a mensagem forte do filme mostrando como Maria Madalena foi a única entre todos os discípulos que entendeu que o “Reino de Deus” não estava fora e sim dentro de todos. E que o perdão e a fé eram instrumentos da alma humana para se purificar do mal ou dos pecados que o egoísmo sustentava.

O perdão de Madalena a própria família de sangue, o perdão que ela concedeu até a Judas depois da sua traição, a fé inabalável a mensagem do seu Mestre e as purificações que tivera que passar durante a vida a conduziu para sua posição de maior discípula de Jesus e foi honrada com a bem-aventurança de ser a primeira testemunha de Jesus ressuscitado. Ela jamais achou que seu Mestre estaria morto e jamais achou que sua vinda era para vingar os Judeus das garras dos romanos cruéis.

Ela praticou seu Dharma (ação correta), honrou seu feminino, e fez o que tinha que fazer, e purificou seu coração, e se entregou de corpo e alma as mensagens do seu Mestre, que era ninguém menos que Jesus Cristo, o Mestre dos Mestres. E sim ela conheceu o “Reino de Deus” aqui mesmo na terra. Bem aventurada esta mulher!!!!!

43 visualizações

© 2020 por Rojas Fotografia   contato@rojasfotografia.com   11 976420711